Nasci em São Paulo em 1990, mas passei toda a minha juventude em Valinhos, assistindo a Cavaleiros do Zodíaco, Dragon Ball, Samurai X, desbravando terrenos baldios e obras abandonadas, e criando histórias para bonecos que viviam em caixas de sapato.

Em 2006, comprei uma Cybershot em uma viagem, aprimeira câmera digital da minha família. Foi quando comecei a fotografar flores, besouros e prédios antigos enquanto voltava do colégio ou ia para o curso de inglês. Nessa época, comecei a me interessar mais por cinema, e descobrir filmes de Kubrick, Tarantino, e Iñarritu.

Aos 18, voltei para a capital, onde estudei cinema na Escola São Paulo e me formei Bacharel em Fotografia pelo SENAC-SP em 2012.

Desenvolvi os mais variados trabalhos de fotografia, vídeo e cinema com a ZYRÉ Produções, grupo de amigos "audiovizueiros" que oficialmente já não trabalha mais junto, mas que ainda gera frutos em projetos especiais.

Fiz parte do coletivo de fotografia de rua selvaSP. Durante essa graduação, fiz amigos com quem dividi muitas experiências e tive muitos aprendizados. Bebi cerveja, fiz fumaça, caminhei e cliquei muito pelas noites claras e dias escuros de São Paulo. Antes do nosso fim, apresentamos nossa primeira e única história, "Selvageria", exposição que abriu o programa Nova Fotografia do MIS-SP em 2016. 

Dou aulas de fotografia há sete anos e desde 2014 faço parte da equipe da Primelight Escola de Fotografia. 

Colaborei com os acolhedores mineiros do coletivo Erro99, que me apresentaram a maravilhosa cidade de Belo Horizonte. Em consequência desse convite às Minas Gerais, conheci e me casei com a musa Lígia e virei pai do Zé e da Maria, família felina que é razão do meu viver.

Continuo a produzir trabalhos ficcionais e documentais a partir de fotografias do meu cotidiano.

Se você aparece em alguma foto, por favor entre em contato para eu poder enviar a sua cópia. Para orçamentos, compra e uso comercial de alguma foto minha:

I was born in São Paulo in 1990, but I've spent my whole youth in Valinhos, watching Knights of the Zodiac, Dragon Ball, Samurai X, and exploring vacant lots and abandoned work sites, and creating stories for toys who lived in shoeboxes.


In 2006, I bought a Cybershot during a trip and it was the first digital camera of my family. And so, I began photographing flowers, beetles, and old buildings while returning from school or going to an English course. That's when I started to get more interested in movies, and to discover films by Kubrick, Tarantino, and Iñarritu.


At 18, I returned to the capital, where I studied cinema at Escola São Paulo and graduated in Photography at SENAC-SP in 2012.

I developed the most varied photography, video and film work with ZYRÉ Produções, a group of "audiu-visual" friends who doesn't work together anymore, but still bear fruit in special projects.


I was part of the street photography collective selvaSP. During that graduation, I made friends with whom I shared a lot of experiences and learnings. I drank beer, smoked, walked and clicked a lot on the clear nights and dark days of São Paulo. Before our end, we present our first and only story, "Selvageria", an exhibition that opened the New Photography program of MIS-SP in 2016.
 

I give photo lessons for seven years and since 2014 I'm part of the Primelight School of Photografy team. 

Collaborated with the welcoming people of the collective Erro99, who introduced me the beautiful city of Belo Horizonte. In consequence of this invitation to Minas Gerais, I met and married the muse Lígia and became father of Zé and Maria, a feline family reason for living.

I continue to produce fictional and documentary works from photographs of my daily life.

If you appear in any photo, please contact me so I can send you your copy. For budgets, purchase and commercial use of some of my photos:

clickinhodoamor@gmail.com
+55 31 9 9814 8616
+55 11 9 7277 8616